%= render 'layouts/carrousel' %>
 274 Visualizações

Lixo bem armazenado evita disseminação de coronavírus

Saiba o que é importante na hora de descartar resíduos contaminados

10/08/2020 07:20

Para evitar que o coronavírus seja disseminado aos trabalhadores da coleta e ao meio ambiente pelo lixo domiciliar, os moradores das residências que tenham em casa um familiar acometido pela doença devem tomar alguns cuidados na hora de descartar os resíduos produzidos pelo paciente de covid-19 ou gerado durante a assistência a ele prestada.


Atenção com o Lixo contaminado


Para descartar corretamente o lixo, separe-o, colocando em saco resistente, fechado com lacre ou nó. Em seguida coloque-o dentro de outro saco limpo e resistente, de forma que o resíduo fique em sacos duplos bem fechados. Depois é importante identificar o lixo com fita vermelha e borrifar desinfetante. Deposite, então, o lixo, já embalado, na lixeira e, imediatamente, lave as mãos com água e sabão.


Recomendações dos especialistas


A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - Abes orienta, nas Recomendações para Gestão de Resíduos em Situação de Pandemia por Coronavírus (Covid-19), elaboradas junto com a Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT, a identificação dos resíduos.

A Abes sustenta que existem responsabilidades dos cidadãos a respeito dos resíduos produzidos por pacientes suspeitos ou confirmados de covid-19 e por quem deles cuida. Mas, devido aos assintomáticos e aos elevados números de casos que têm se apresentado diariamente, os cuidados valem para todas as pessoas.


Confira aqui as Recomendações da Abes/ABNT  


Comunicação Interna


Contato

Se precisar, entre em contato.

Tribunal de Justiça de Rondônia
Sede - Rua José Camacho, nº 585 - Bairro Olaria
Cep 76801-330 - Porto Velho, Rondônia
Alô Justiça: 0800-647-7077 Geral: (69) 3217-1152

© 2020 Divisão de Pessoal - Dipes
Versão do Sistema