Este site possui recursos de acessibilidade para web visando à inclusão e autonomia de todas as pessoas.

Quinta, 11 Outubro 2018 16:38

Corregedoria promove audiência e aprovados em Concurso Extrajudicial escolhem serventias

IMG 3380

À esquerda, a tabeliã, Helena Carvajal; o corregedor-geral da Justiça José Jorge Ribeiro da Luz e o juiz auxiliar da CGJ, Fabiano Pegoraro

Os candidatos aprovados no V Concurso Extrajudicial escolheram as 24 serventias (cartórios) disponíveis para Outorga de Delegação de Notas e Registros nesta quinta-feira (11), em Porto Velho. O concurso foi promovido pelo Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) e iniciou em junho do ano passado.

Participaram da mesa o corregedor-geral da Justiça, desembargador José Jorge Ribeiro da Luz; a tabeliã do Cartório do 2º Ofício de Registro Civil e Tabelionato de Notas de Porto Velho, Helena Carvajal; o juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ), Fabiano Pegoraro e o diretor do Departamento Extrajudicial da CGJ, Adriano Lopes Medeiros.

O corregedor-geral da Justiça, José Jorge Ribeiro da Luz parabenizou a todos os aprovados e a equipe responsável pelo V Concurso Extrajudicial e declarou aberta a cerimônia. A audiência pública aconteceu no auditório do edifício-sede do TJRO e obedeceu rigorosamente a ordem de classificação dos candidatos aprovados.

IMG 3396

Candidatos escolheram 24 serventias  

Os aprovados na modalidade “remoção” foram os primeiros a serem chamados. Como não houve candidato portador de necessidade especial aprovado neste requisito, a Serventia do Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelionato de Notas do Município de Nova Brasilândia D'Oeste passou a compor automaticamente as vagas para provimento por remoção.

Dentre as serventias vagas para remoção também estavam os Ofícios de Registros Civis das Pessoas Naturais e Tabelionatos de Notas dos Municípios de Rio Crespo; Parecis; Governador Jorge Teixeira; Itapuã do Oeste; Pimenta Bueno; Theobroma e Pimenteiras do Oeste.

O primeiro colocado na modalidade declinou da serventia e deixou manifestação reservada para reescolha. As serventias escolhidas pelos dois candidatos foram os cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelionato de Notas de Pimenta Bueno e Nova Brasilândia. O restante das serventias não escolhidas foram transferidas para a lista de cartórios destinados aos candidatos da modalidade “ingresso”.

IMG 3381

Concurso Extrajudicial iniciou em junho do ano passado

Aprovados na modalidade “Ingresso”

Logo depois, o diretor do Depex, Adriano Lopes, convocou os aprovados na modalidade “Ingresso” para escolherem as serventias. Como especificado no edital, os nove candidatos PcD tiveram preferência e puderam escolher entre o 2º Tabelionato de Protesto de Títulos do Município de Ji-Paraná e o 2º Tabelionato de Protesto de Títulos do Município de Vilhena.

Sobraram 14 serventias vagas para os candidatos na modalidade “Ingresso”, sendo 86 aprovados. Todas as serventias vagas foram escolhidas. Os candidatos que não conseguiram tomar posse foram chamados para assinarem um termo de reserva para o direito de possível reescolha.

Dentre as serventias vagas estavam o Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelionato de Notas do Município de Campo Novo de Rondônia; Distrito de Extrema de Rondônia; Distrito de Nova Estrela e município de São Felipe do Oeste.

Estavam vagos os Ofícios de Registros Civis das Pessoas Naturais e Tabelionato de Notas dos municípios de Seringueiras, Corumbiara, Teixeirópolis, Cabixi, Chupinguaia, Urupá e do distrito de Tarilândia. O tabelionato de Protesto de Títulos do Município de Ariquemes e o 4º Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelionato de Notas do Município de Urupá também estavam disponíveis.

IMG 3400

Cerimônia aconteceu no auditório do TJRO

Ingresso x Remoção

As vagas destinadas para a modalidade de “Remoção” são destinadas a pessoas que já exercem a titularidade de uma serventia extrajudicial e pretendem se remover para exercer a atividade notarial para outro cartório. No caso do “Ingresso”, o candidato nunca exerceu a titularidade de um cartório e, para se candidatar, deve ser bacharel em Direito ou já ter exercido funções em serviços notariais e de registro por dez anos.

Concurso

O concurso foi promovido pela Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ) e organizado pelo Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (IESES), banca responsável pelo processo seletivo. Os detalhes de todo o processo seletivo podem ser conferidos no Edital do concurso publicado no Diário da Justiça Eletrônico (DJe) 099, do dia 1º de junho de 2017.

Assessoria de Comunicação Institucional

Poder Judiciário de Rondônia

Poder Judiciário do Estado de Rondônia
Alô Justiça 0800-647-7077 | Geral (69) 3217-1152
Sede - Rua José Camacho, nº 585 - Bairro Olaria
Cep 76801-330 - Porto Velho, Rondônia