CNJ destaca atuação da Justiça de Rondônia no Programa Fazendo Justiça

Este site possui recursos de acessibilidade para web visando à inclusão e autonomia de todas as pessoas.

Terça, 27 Julho 2021 09:44

CNJ destaca atuação da Justiça de Rondônia no Programa Fazendo Justiça

print cnj26072021 destaque

Em destaque, na primeira página do Portal de Notícias do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o registro da reunião de apresentação do Programa Justiça no Tribunal de Justiça de Rondônia, parceria desenvolvida com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), com apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, para enfrentar desafios estruturais do sistema de privação de liberdade no país.

De acordo com a publicação do CNJ, mais de 4,7 mil representantes da magistratura, profissionais técnicos e gestores e gestoras de serviços públicos participaram, ao longo desse primeiro semestre, de atividades formativas promovidas com mais de 240 capacitações, mobilizando um público de cerca de 31 mil participantes.

O Projeto Rede de Justiça Restaurativa do Tribunal de Justiça de Rondônia, parte do Programa Fazendo Justiça, que é resultado de um esforço coordenado e conjunto de ações entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), junto a 10 tribunais brasileiros para o enfrentamento dos desafios da questão criminal e penitenciária, bem como do sistema socioeducativo do país. Foram mais de 344 horas de atividades (contabilizadas) e uma palavra para definir esse período: gratidão.

Uma das ações do Fazendo Justiça em Rondônia, o projeto Rede de Justiça Restaurativa concluiu, no mês de junho, um ciclo exitoso, iniciado ainda em 2020, com cursos, eventos, elaboração e publicação da política pública (resolução e ato do TJRO), dentre outras diversas sensibilizações e formações promovidas. O desafio foi vencido, mesmo com todas as intempéries do tempo de pandemia, com 66 reuniões realizadas, com mais de 120 horas de encontros, além de conversas individuais não computadas.

Segundo o CNJ, os conteúdos também orientaram as formações das equipes dos dez tribunais de Justiça, dentre eles o TJRO, que participam do projeto Rede Justiça Restaurativa, coordenado pelo CNJ em consonância com as diretrizes do Conselho Gestor de Justiça Restaurativa. Desde o início do ano, processos contínuos de reforço metodológico e de práticas de justiça restaurativa estão em andamento.

A ação é conduzida com apoio do Centro de Direitos Humanos e Educação Popular de Campo Limpo (CDHEP), e reúne cerca de 50 participantes – dentre magistrados, magistradas e profissionais com atuação no sistema de justiça criminal e no sistema socioeducativo.

-------------

Veja a Resolução CNJ n. 307/2019

Veja a matéria completa no site do CNJ

Conheça as ações do Programa Fazendo Justiça no Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia

Com informações do CNJ

Assessoria de Comunicação Institucional

Poder Judiciário de Rondônia

Poder Judiciário do Estado de Rondônia
Horário de Funcionamento:
(Segunda a Sexta-feira)
Público Geral: 7h às 14h | Plantão Judicial: 14h às 7h | Atendimento Virtual: 7h às 14h

Alô Justiça 0800-647-7077 | Geral (69) 3309-6648 / 6650 / 6651
Sede - Rua José Camacho, nº 585 - Bairro Olaria
Cep 76801-330 - Porto Velho, Rondônia

Dakota
Minimizar