Imprimir esta página
Sexta, 16 Setembro 2022 10:20

Em visita à Rondônia, comitiva do TJMG conhece boas práticas do TJRO

montagem visita

A Corregedoria-Geral da Justiça de Rondônia recebe, esta semana, uma comitiva do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). A visita dos(as) magistrados(as) e servidores(as) do Tribunal mineiro tem como propósito conhecer algumas das iniciativas, sistemas e estruturas do Poder Judiciário rondoniense. 

 

A equipe do TJMG foi recebida, na tarde de quarta-feira, 14, pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador José Antonio Robles, que deu as boas-vindas apresentando a eles parte das instalações do TJRO, plenário, galeria dos ex-presidentes, dentre outros espaços. A vista privilegiada da sede do Tribunal para o Rio Madeira chamou a atenção dos visitantes, que aproveitaram para registrar o cenário. 

 

Em seguida, o desembargador Robles os conduziu à Corregedoria e se reuniu com os juízes auxiliares Johnny Clemes e Inês Moreira, com a secretária da CGJ Rosângela Vieira, além de outros servidores que estavam presentes, ocasião em que foram apresentados, de forma dinâmica, pelo juiz auxiliar, o Módulo Gabinete, o sistema Eólis e painéis de monitoramento do Qlik Sense.

 

O corregedor comentou que aproximação dos tribunais para compartilhamento de conhecimento e tecnologia é uma tendência que gerará a aceleração no aperfeiçoamento do serviço judiciário. “Rondônia também sempre busca inspiração em produções de outros tribunais, e tudo que desenvolve torna disponível para os interessados”, destacou Robles. 

 

O superintendente administrativo de Tecnologia da Informação, desembargador André Leite Praça, do TJMG, comentou que o Tribunal de Minas já tinha as melhores referências pelos trabalhos desenvolvidos pela Corregedoria e pelo TJRO, principalmente na área tecnológica. “O CNJ já nos fez diversas referências a sistemas de ferramentas desenvolvidos internamente pela instituição. Estamos aqui, hoje, admirados com a eficiência que a tecnologia do Tribunal conseguiu alcançar com recursos internos”. O magistrado também comentou sobre a troca de experiência. “Está sendo uma experiência única, um crescimento e uma oportunidade especial para todos nós do TJGM”. 

tjmgCGJ

 

“Somos parte de um ecossistema. O grande desafio do Poder Judiciário brasileiro é conseguir integrar os diversos segmentos e acontecimentos como esse, de visitas técnicas, que gera maior aproximação e sintonia entre os tribunais, resultando no amadurecimento de ambos”, disse o juiz auxiliar, Johnny Clemes, que comentou também que nas conversações aprenderam muito com os membros da delegação mineira, e já registraram ideias para novas ferramentas.

 

“É com muita satisfação que recebemos a comitiva do Estado de Minas Gerais em nosso Tribunal. Poder dividir experiências e construir ideias juntos é de grande valia para nossos jurisdicionados e para uma prestação jurisdicional mais efetiva e inovadora”, destacou também a juíza auxiliar da Corregedoria, Inês Moreira.

 

Além do desembargador André Leite, também participam da visita institucional o juiz auxiliar da Presidência, Rodrigo Martins, a juíza auxiliar da CGJ, Soraya Hassan Baz Lauar, o juiz de direito de João Monlevade e Rio Piracicaba, Paulo Borges, a diretora executiva da Difor, Alessandra Silva Campos, o gerente da Gejud, Dalton Luiz Fernandes Severino, e o coordenador da Cojud 1ª Instância, Marcos Rodrigues Borges.

 

O grupo do Judiciário mineiro fica em Rondônia até sexta-feira. Nos próximos dois dias, 15 e 16, eles conhecerão o sistema Sinapses, criado pelo TJRO e vencedor do Prêmio Inovação Judiciário Exponencial, a estrutura da Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (Stic), o Fórum Digital e, também, farão uma visita à Central de Processamento Eletrônico (CPE). 

 

Assessoria de Comunicação Institucional