Imprimir esta página
Quinta, 22 Setembro 2022 09:12

Teia Judiciária: projeto do TJRO promove a cultura de paz no ambiente escolar 

teiajudic1

 

 

Respeito, tolerância e diálogo, três palavras que se colocadas em prática podem evitar muitos conflitos. Para que isso aconteça de fato, é urgente a necessidade de promover a cultura de paz em todas as esferas da sociedade. Com esse propósito foi lançado o Teia Judiciária, projeto do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO), desenvolvido pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Soluções de Conflitos (Nupemec), que integra a estrutura da Corregedoria-Geral da Justiça. A iniciativa conta com a parceria da Secretaria de Educação do Estado (Seduc).O projeto lançado neste mês de setembro ensina métodos de apaziguar conflitos no ambiente escolar, por meio de treinamentos de mediação. A iniciativa pretende alcançar alunos,  pais, professores e demais servidores de escolas da rede estadual.

 

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Flora Calheiros, em Porto Velho, é a primeira a receber a ação. Por ser uma escola que atende mais de quatro mil alunos, é suscetível à aparição de conflitos, fato que determinou a escolha para dar início ao projeto de promoção à cultura de paz. Inicialmente as atividades são realizadas a cada quinze dias com estudantes de uma turma do 9° ano, e mensalmente com professores e servidores. A ideia é prevenir e combater a violência, não apenas na comunidade escolar, mas também no bairro onde a unidade  está inserida.

 

Os encontros promovidos pelo projeto, contam com a colaboração da psicóloga e mediadora das Varas de Família, Isabela Paludo. Isabela tem vasta experiência na área. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), parceira do projeto, no retorno após o período da pandemia, em que os estudantes ficaram muito tempo em casa, houve aumento da violência, conflitos escolares e familiares, que chegaram até a escola. Além de trazer benefícios para o aluno e toda a comunidade escolar, os ensinamentos trabalhados no Projeto Teia Judiciária, promoverá a capacidade crítica dos envolvidos, em tomar boas decisões quanto aos problemas e conflitos que se apresentarem ao longo de sua vida.

 

O projeto Teia Judiciária tem como referência a Resolução n°125, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ/2010)  traz e também as técnicas de comunicação não violenta (CNV) de Marshall Rosenberg. Além da Resolução do CNJ, esta ação responde ao Sistema Integral de Mediação Escolar no Estado de Rondônia, criado em 2016, por meio da Lei de n°. 3765, com a finalidade de difundir, promover e aplicar métodos cooperativos e pacíficos de abordagem de conflitos para todos os atores da comunidade educacional.

 

Assessoria de Comunicação institucional